entre em contacto!
Filtrar por resultados...
Melhorar a Tomada de Decisão
Aumentar o Trabalho em Equipa
Melhorar a Produtividade
Melhorar a fiabilidade
Melhore a operabilidade
Melhorar a manutibilidade
Aumentar a Segurança
Aumentar as condições para inspecção
Melhorar as condições ambientais
Reduzir Inventário
Reduzir utilização de Papel
Reduzir Custos
Reduzir Risco
Resolver Problemas
Reduzir a Variação
Reduzir Desperdício
Reduzir Tempo de Paragem
Optimizar o uso de recursos
Cumprir Prazos
Garantir Conformidade
Definir e optimizar o posto de trabalho
Reduzir o tempo de mudança de ferramenta
Spare Parts Management

O que é a gestão das peças sobressalentes?

O objetivo da gestão de peças sobressalentes consiste em fornecer as peças certas, na quantidade certa, no lugar certo, no momento certo, com o nível certo de qualidade e com o menor custo total para a organização.

A gestão eficaz de peças de reposição de manutenção é um fator crítico para o desempenho operacional do equipamento e para o custo do investimento em manutenção.

O âmbito da gestão de Peças Sobressalentes inclui, portanto, todas as funções do fornecedor até o ponto de uso, incluindo a identificação e codificação, classificação de criticidade, aquisição, inspeção de qualidade, políticas de stock, links para planeamento do trabalho (montagem de kits), gestão de fornecedores e desempenho interno.

Vantagem da gestão de sobressalentes? 

A manutenção de activos resulta inevitavelmente no consumo de peças sobressalentes. A indisponibilidade das partes certas pode ter um impacto sério e negativo na disponibilidade do equipamento, devido ao aumento do tempo de inatividade e na eficiência dos recursos, devido a interrupções no cronograma. Além disso, pode aumentar o risco de reduzir a qualidade dos produtos produzidos, causar emissões perigosas para o meio ambiente e criar riscos para os funcionários. 

Isso leva facilmente ao aumento do stock, com acumulação de uma quantidade excessiva de peças de reposição, o que muitas vezes leva a grandes quantias de gastos de capital. 

Para evitar essa realidade, é importante ter um bom sistema de inventário de peças de reposição. Impactos positivos no desempenho do negócio devido a um processo eficaz de gestão de Peças Sobressalentes incluem: 

  • Tempo de inatividade reduzido 
  • Custos de estoque reduzidos 
  • Maior disponibilidade de capital de giro 
  • Melhor segurança 

A gestão de peças de reposição é uma forma de controlar riscos: o seuu objetivo é controlar o risco para as operações de negócios causado pelo tempo de inatividade do equipamento, garantindo a disponibilidade de peças de reposição a um custo otimizado. 

 

Melhores práticas na gestão de peças sobressalentes 

Um sistema preciso de gestão de Peças Sobressalentes permite que a área responsável seja pró-ativa. Além disso, podem economizar de 5 a 15% em custos de stock de peças de reposição. Aqui estão as práticas recomendadas de gestão de peças de reposição, para gerir o stock de peças com mais eficiência: 

 

Identifique todas as peças de reposição 

Certifique-se de que todas as peças necessárias para a manutenção do ativo estejam identificadas corretamente. Se, por exemplo, uma peça for necessária para uma grande revisão, pode haver vários itens comprados para uso único. Uma vez concluída a revisão do equipamento, pode haver peças não utilizadas que tenham uso futuro e devem ser inventariadas. Outros equipamentos da fábrica podem usar as mesmas peças. Portanto, em vez de armazenar essas peças sem nenhuma correlação com o ativo, os itens devem ser adicionados ao sistema de controle de estoque e colocados no inventário de peças no EAMS / CMMS. 

 

Classifique todas as peças sobressalentes 

Classifique as peças de reposição conforme a criticidade. Essa classificação apoiará o processo para definir um stock de segurança efetivo: tenha as peças certas, no momento certo, com o menor custo possível no valor mínimo de estoque. 

 

Utilizar e gerir a lista de materiais (BOM) 

Ter listas de materiais precisas apoiará a manutenção preventiva programada (PM) necessária em um determinado equipamento. Este processo permitirá a geração de uma ordem de serviço com a data agendada da MP. 

As listas técnicas farão a encomenda de peças e a colocação de ordens de serviço mais simples. Além disso, verifique se suas listas técnicas estão atualizadas, considerando o status e as modificações do ativo. 

 

Classifique todas as peças de reposição 

Classifique as peças de reposição conforme a criticidade. Essa classificação apoiará o processo para definir stock de segurança efetivo: tenha as peças certas, no momento certo, com o menor custo possível no valor mínimo de estoque. 

 

Utilizar e gerenciar a lista de materiais (BOM) 

Ter listas de materiais precisas apoiará a manutenção preventiva programada (PM) necessária em um determinado equipamento. Este processo permitirá a geração de uma ordem de serviço com a data agendada da MP. 

As listas técnicas farão a encomenda de peças e a colocação de ordens de serviço mais simples. Além disso, verifique se suas listas técnicas estão atualizadas, considerando o status e as modificações do ativo. 

 

Use a ordem de trabalho 

Todas as peças de reposição que foram usadas devem estar vinculadas a uma ordem de serviço. Para PM, as ordens de serviço solicitadas com antecedência podem ser retiradas e preparadas para retirada ou entregues ao departamento solicitante. Isso reduzirá o tempo de espera do departamento de manutenção no depósito de peças para que sua ordem de serviço seja atendida. As ordens de serviço precisam ser criadas para toda a emissão de peças para que o estoque permaneça preciso. 

Em caso de emergência, seria possível entender as informações históricas relacionadas às paragens para melhorar as peças em stock, quando isso for razoável. 

 

 Acesso limitado ao stock do armazém de peças 

Limitar o acesso ao inventário do armazém de peças é obrigatório para manter a precisão do inventário. Adote uma política de que os stocks de peças estejam "fora dos limites" e que apenas os funcionários do departamento de peças tenham acesso, utilizando o acesso por crachá aos pontos de entrada e saída. Permitir que todos tenham acesso pode rapidamente tornar os inventários de peças imprecisos. 

 

Otimizar o armazém - Centralize e consolide as peças 

Ter todas as suas peças centralizadas (num ou + satélites) consolidadas pode tornar a segurança mais fácil, mas também torna esse recurso potencialmente grande mais fácil de controlar e manter a precisão do inventário. 

Use um sistema de controle de stock 

Ao utilizar a funcionalidade de armazém do seu ERP garanta a precisão e facilidade de gestão do armazém de peças. Isso deve estar vinculado ao EAMS / CMMS. 

A utilização dos códigos de barras e da funcionalidade de digitalização em conjunto com o sistema aumentará a eficiência dos processos de gestão no armazém de peças e a precisão do stock. 

 

Definir um local de stock para cada peça 

Assegure-se de que os locais de armazém sejam criados no menor detalhe, normalmente um local de posição e compartimento para cada SKU, permitido por seus sistemas. 

 

Implemente a contagem de ciclos para controle do stock 

A Contagem de ciclos é uma prática de auditoria de sistema de inventário periódica na qual diferentes porções de um inventário são contadas ou verificadas fisicamente em um cronograma contínuo, relacionado com a classificação ABC do inventário. Os pontos de interrupção de classe usuais aplicados são: 

A = 10% dos itens de linha, dá 65% do volume de negócios 

B = 20% dos itens de linha, dá 25% do volume de negócios 

C = 70% dos itens de linha, dá 10% do volume de negócios 

Cada parte é contada em uma frequência pré-definida para garantir a contagem de cada item pelo menos uma vez em um período contábil. 

Algumas variações sobre esses números são usuais, mas diferenças significativas podem indicar problemas com a política de manutenção de estoque 

 

Padronize Peças Sobressalentes 

Padronizar peças sobressalentes significa geralmente concordar que um determinado tipo / modelo de equipamento será usado e com isso as peças de reposição necessárias para cada instalação serão as mesmas. Isso é diferente da padronização em toda a indústria. Isso pode contribuir para melhorar o MTTR, as negociações com os Fornecedores de Peças e os stocks. 

 

Desenvolver Processos de Gestão de Peças Sobressalentes 

Certifique-se de que seus processos de gerenciamento de peças sobressalentes sejam desenvolvidos de acordo com as melhores práticas para garantir a sustentabilidade e uma base para formação 

 

Decida com base em dados precisos 

Use dados de qualidade para tomada de decisão: desenvolva seus relatórios e KPI's considerando os Processos de Gerenciamento de Peças Sobressalentes, para apoiar a melhoria e a base para o orçamento de manutenção de peças sobressalentes. 

Saiba mais sobre

Manutenção e Fiabilidade

saiba mais
Saiba todas as novidades sobre a g3p consulting. Subscreva agora.